Providências no pré-operatório da cirurgia plástica

      
Uma semana antes de fazer a cirurgia plástica de rejuvenescimento facial é a hora certa para pintar o cabelo, pois, após a cirurgia, você precisará passar longe das tintas e tonalizantes, por pelo menos dois meses;
      A ingestão de bebidas alcoólicas, principalmente o vinho, deve ser suspensa pelo menos 15 dias antes da realização da cirurgia plástica. “As bebidas alcoólicas, de uma maneira geral, aumentam o risco de sangramento durante o procedimento e interferem na coagulação”, explica o médico;
      É importante fazer uma boa hidratação cutânea no mês que antecede a cirurgia, pois uma pele hidratada tem a recuperação e a cicatrização facilitadas;
       Se a cirurgia plástica for para implante de próteses de silicone é preciso reunir informações sobre o produto que será utilizado. “Para ficar mais segura, certifique-se da procedência das próteses que serão usadas. Uma conversa com o cirurgião plástico pode elucidar dúvidas sobre a marca, a qualidade e a esterilização dos implantes. Há diferentes modelos disponíveis no mercado. Escolha, ao lado do seu cirurgião, aquele que melhor se adapta ao seu biotipo e ao resultado desejado por você”, aconselha Ruben Penteado;
      Uma das maneiras de preparar o organismo para a cirurgia plástica é seguir uma dieta rica em fibras. Por terem um papel fundamental na digestão, esses alimentos evitam a prisão de ventre e a anemia no pós-operatório. “Para evitar este incômodo, dê preferência a alimentos como frutas, vegetais, cereais e alimentos integrais, que garantem uma boa digestão”, recomenda o cirurgião plástico;
      Por se tratar de um procedimento invasivo, você terá de assinar um documento, chamado de Consentimento Informado, que autoriza a realização da operação. O documento registra que você entende e aceita os benefícios e riscos associados à cirurgia. “Se alguma coisa não estiver clara, este é o momento para esclarecer todos os pontos. Antes de assinar é muito importante ler o documento e certificar-se de que realmente você compreendeu e concorda com tudo o que está registrado ali”, recomenda Ruben Penteado, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica;
      “Devido ao seu efeito vasoconstritor, o cigarro reduz a oxigenação do fluxo sangüíneo e retarda o processo de recuperação no pós-operatório. Além disto, compromete o sistema respiratório, deixando o paciente mais suscetível a infecções, problemas de cicatrização, necrose e intercorrências referentes à anestesia, trombose e embolias. Aconselhamos que o paciente deixe de fumar pelo menos sete dias antes da cirurgia”, explica o médico;
      Para dirrimir medos e dúvidas, após a consulta com o cirurgião plástico, quando foi decidido o procedimento cirúrgico que será realizado, é possível conversar com o anestesiologista para esclarecer os procedimentos que serão executados. Em casos específicos, pode-se realizar também uma consulta pré-anestésica, mas em todos os casos, é fundamental o preenchimento de um questionário pré-anestésico com informações detalhadas e precisas. Para colaborar com a sua própria segurança, é importante que o paciente siga todas as instruções recebidas antes da intervenção cirúrgica, principalmente o tempo de jejum indicado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s